OS FILMES ESTÃO LIBERADOS PARA SEREM ASSISTIDOS NO VK.COM - mas vc terá que se cadastrar na rede social russa - DIVIRTA-SE...

segunda-feira, 3 de março de 2014

CHUTANDO O PAU DA BARRACA...




Por Carlos Alberto Bento da Silva
Jornalista - MTb 4028/SC


A ideologia de um militante não é aquela que está incrustada forçosamente na mente do universo pensante de seus desafetos ou adversários políticos, e sim, é a aquela que está no seu gene mental, no seu coração e na sua origem...

Ademais, as manipulações sempre provém de ervas daninhas que infestam a natureza legítima dos movimentos sociais verdadeiros e, não aqueles fabricados... 

Para os oportunistas, diante de uma legislação fragilizada, torna-se muito fácil criar um movimento social da mesma causa, sobre outro já existente, e a seguir fundar uma ONG picareta...

Dentro deste paraquedismo pirotécnico e oportunista, "trocentas” ONGs se "trucidam" atrás de verbas públicas para o enriquecimento privado e ilícito de seus dirigentes. Um verdadeiro assalto aos cofres público...

Seria oportuno uma CPI ("transparente") das ONGs, que faça uma devassa nas prestações de contas dos últimos 10 anos, e proponha mudanças radicais no estatuto do chamado 3º Setor, proibindo o uso de dinheiro público para funcionamento dessas máquinas criminosas...

Este evento investigativo, iniciaria com a indisponibilidade financeira e dos bens de todos os "dirigentes" e laranjas dessas entidades alienígenas...

A tarefa e, a obrigação política e social no país cabe unicamente as esferas federais. O resto são ações criminosas a serviço de interesses escusos que catapulta partidos políticos e seitas religiosas que, sob o manto de "o estado é laico" e de uma legislação nefasta, criam legiões de fanáticos e verdadeiras quadrilhas financiadas pelo erário...

Não obstante, vale lembrar que o Brasil é talvez o único país do mundo que permite tamanha aberração...

Aqui, ONGs se alastram pelo interior do Brasil e nele se instalam como verdadeiros donos da verdade e, ao arrepio da lei ditam regras e caminhos escusos aos interesses das comunidades urbanas, do campesinato e de nações indígenas, como se fossem autoridades oficiais, caracterizando assim uma completa inversão de papéis...

 Não se trata, neste caso, desta matéria estar firmando um pensamento nacionalista exacerbado, muito pelo contrário, o de apenas impedir os crimes de lesa-pátria protagonizados por falcatruas a serviço de dogmas perversos, de setores fascistas existentes, e de nações imperialistas acobertadas, que historicamente dizimam o nosso povo dentro de suas estratégias abomináveis...

Na atual conjuntura política e social que o Brasil atravessa, essas ONGs servem apenas para impedir o crescimento dos verdadeiros movimentos sociais e de partidos políticos de matiz marxistas revolucionários e populares, sendo que, dispensar essa interferência de “Judas” e de “apêndices da burguesia”, é salutar e estratégico, para uma confiante busca permanente de justiça social e do socialismo enquanto ideologia sem classes...

Numa avaliação inicial e sem critérios científicos, tornam-se muito fácil entender os reclamos e nossa indignação frente à falta de verbas para investimentos na educação planificada, na moradia, na reforma agrária, na demarcação de áreas indígenas e na saúde pública, como elementos fundamentais na busca da igualdade social...

A copa dos ricos e os subsídios governamentais para atividades religiosas recentes e, a criação de ministérios de governo sem projetos e recursos que justifiquem a sua criação, e o desvio de dinheiro público para a educação privada, são indícios próprios de governos fisiologistas, corruptíveis, exibicionistas e egocêntricos, a serviço das classes abastadas e do imperialismo internacional...

A criminalização dos movimentos sociais legítimos, com a reedição “camaleão” de instrumentos jurídicos repressivos que, aliados a um aparato militarizado, de uma imprensa com bandeira entreguista e de teor fascista, sem qualquer forma de “freio” ou regulamentação estatal para o seu devido objetivo, são um atentado hediondo contra os direitos humanos e contra a democracia constitucional, pois ferem a lei da probidade administrativa, da moral e da ética na política e, se caracterizam como formação de quadrilhas e terrorismo de estado...

Criar uma CPI sobre os desvios de funções do STF, outra CPI sobre o papel constitucional das FFAA, extinguir as Policias Militares no Brasil, e acabar com o “instituto” do ‘direito’ de reeleição para cargos eletivos federais e estaduais, incluindo a presidência da república e a extinção do Senado, é um anseio concreto no universo pensante da população...