OS FILMES ESTÃO LIBERADOS PARA SEREM ASSISTIDOS NO VK.COM - mas vc terá que se cadastrar na rede social russa - DIVIRTA-SE...

sexta-feira, 28 de maio de 2010

O que está acontecendo na internet? Removeram os blogs do escritor e jornalista Celso Lungaretti - Um dos principais porta-vozes da esquerda na rede, é ex preso politico e anistiado. Os blogs são bastante combativos e...



É lamentável que isto esteja acontecendo, a censura e o fascismo são irmãos siameses do autoritarismo que ronda a mídia alternativa brasileira. Temos de ficar atentos, e isto prenuncia dias mais difíceis para os blogueiros combativos. Não é a primeira vez que acontece esta truculência contra o combativo Celso Lungaretti.

Nos últimos dias Lungaretti tem sido um dos maiores críticos da decisão do STF de validar a “auto anistia” dos torturadores que agiram durante o regime militar. Esta decisão do STF está levando o Brasil ao repúdio e a condenação internacional diante de autoridades do mundo inteiro. O Brasil é considerado o único país da America do sul e do Caribe que está indo na contra mão da historia ao não permitir o julgamento daqueles que cometeram crimes de tortura e lesa-humanidade.

A Corte Interamericana de Direitos Humanos abriu o processo contra o Brasil por tortura, assassinato e desaparecimento de pelo menos 70 pessoas que foram capturadas pelo Exército em uma operação realizada entre 1972 e 1975 na região sul do Pará.


TRUCULÊNCIA, EXECUÇÕES E TORTURAS* - O relatório anual da AI (Anistia Internacional) também fez pesadas críticas ao comportamento das forças policiais e de segurança no combate à criminalidade, ressaltando que, "por todo o país, houve relatos persistentes de uso excessivo da força, de execuções extrajudiciais e de torturas cometidas por policiais".

Mais: os "autos de resistência" fajutos com que a Polícia encobre seus excessos, lembra o documento, contrariam tanto o PNDH-3 quanto as recomendações do relator especial da ONU sobre execuções sumárias, arbitrárias ou extrajudiciais.

Por conta da aceitação automática da versão policial, diz a AI, "centenas de homicídios não foram devidamente investigados e houve poucas ações judiciais, se é que houve alguma".

O quadro é assustador no Rui de Janeiro:

"Um estudo do Instituto de Segurança Pública, ligado à Secretaria de Segurança Pública (...), constatou que, entre janeiro de 1998 e setembro de 2009, 10.216 pessoas foram mortas no estado em incidentes registrados como 'atos de resistência'.

E a situação também se agrava em São Paulo, onde "as mortes cometidas por policiais militares tiveram um aumento de 41%". (*) Comentários de Celso Lungaretti



























Celso Lungaretti também tem se destacado como um dos baluartes na defesa do camarada Cesare Battisti que está preso a mais de três anos por decisão também do STF que contraria a vontade e os preceitos constitucionais que dão esta prerrogativa unicamente ao Presidente da Republica Lula da Silva. Lamentavelmente os Blogs de Celso Lungaretti foram tirados do ar de forma autoritária e criminosa.