OS FILMES ESTÃO LIBERADOS PARA SEREM ASSISTIDOS NO VK.COM - mas vc terá que se cadastrar na rede social russa - DIVIRTA-SE...

sexta-feira, 4 de junho de 2010

A luta continua... Passe Livre Já!


Em resposta aos questionamentos da burguesia na comunidade Florianópolis do Orkut: (a luta é travada em todos os espaços possíveis e imagináveis, até porque ali a burguesada se articula em conspirações permanentes. Também precisamos defender os nossos pontos de vistas factível para um transporte coletivo público com gerenciamento público.



...Desde quando a ACIF responde pelo transporte coletivo em Floripa?

Vc tem razão mesmo.

Cão que tem muitos donos morre de fome!

No máximo, a ACIF (Associação Comercial e Industrial de Florianópolis) seria apenas mais uma entidade entre tantas que estão ai buscando visibilidade pra atravancar os avanços em direção ao transporte público municipal.

Discutir o sexo dos anjos com uma entidade que representa os seus próprios interesses de manutenção do status vigente do transporte é perda de tempo.



A decisão é soberana do prefeito e de sua base na câmara dos vereadores. Esses pseudo-s fóruns informais do tipo FMT (Fundação Municipal do Transporte) são apenas um corredor polonês com objetivos claros de sua funcionalidade, ou seja, ganhar todo o tempo do tempo e não chegar a nada.

Neste ínterim, o empresariado e seus penduricalhos ficam se deliciando com o seu modus vivendi intocável.


Se o Dário tivesse interesse em solucionar o problema já o teria feito. Existe o governo do estado, o governo federal e a própria estrutura municipal a disposição.

Este papo furado de quebra de finanças do município, por si só é um papo furado mesmo. Dinheiro quando há interesse e dividendos políticos personalistas aparece pra desde ontem. Temos vários exemplos:

O Encontro das estrelas nos ingleses (Felipe Massa). Festanças na virada do ano na beira mar da burguesia e tantas outras despesas classificadas no espectro de prioridades como fúteis extremamente politiqueiras diante de uma cidade que vive o caos urbano no transito e no transporte coletivo de massa.


A CIF e seus badulaques no passado foi uma das empresas que boicotou a empresa Netuno, vencedora da licitação estadual de implantação do transporte marítimo e agora estão aí viajando na falácia eleitoreira. Dá licença mano, conta outra que esta aí não cola mesmo.



A gurizada consciente tem mais é que irem pra ação direta como ferramenta de avanços no caminho da implantação do transporte público coletivo com gerenciamento público, e não este que está atendendo unicamente interesses empresariais sem visão social da cidade.


O MPL é eclético,
e tem na sua estrututura orgânica a participação popular sem lideranças plantadas, ou seja, o conjunto do movimento se representa em suas ações coletivas na busca do passe livre. Sem paraquedismo e sem estrelismo.

É por isso que está aí, desde sua formação espontânea por um grupo de estudantes que respiraram a realidade macabra e injusta do transporte coletivo em Florianópolis e em outras cidades do Brasil.

Se o prefeito tiver interesse verdadeiro de solucionar esta questão, ele tem a caneta e sua base na câmara de vereadores e no governo do estado.

Não resolve porque não quer, afinal, na sua concepção o interesse privado de classe é mais importante do que os direitos da massa popular.

Estudantes, avançar na luta até a vitória. Passe Livre Já!

http://lutatotal.blogspot.com/